UM BOM PROGRAMA PARA QUEM QUER FICAR EM CASA


Boa tarde Quixadá dos meus tempos risonhos.
Vem aí mais um feriadão. Dia sete é o dia da "INDEPENDÊNCIA"(?) que ainda não veio na sua plenitude. É só ver o arraso que a crise financeira, coisa da globalização, fez no país e só não foi maior, como queriam os oportunistas, por causa das medidas oportunas e competentes do governo. .
Uma boa sugestão para quem quer ficar em casa é ler um bom livro ou ver um bom filme. Na última hipótese sugerimos um dvd brasileiro que é encontrado em algumas locadoras. Trata-se do filme BODAS DE PAPEL.
Leiam a sinopse:
Candeias é uma pequena cidade do interior de São Paulo, esvaziada para a construção de uma usina hidrelétrica. Ali vive Nina (Helena Ranaldi), que passou boa parte de sua infância na companhia do avô, dono do único hotel da cidade, e que não resiste à mudança para a capital e acaba morrendo. Anos depois, Nina lê no jornal que o governo desistiu do projeto da hidrelétrica. Candeias, então, ainda com ares de cidade fantasma, vai aos poucos readquirindo vida, com o retorno de alguns moradores, entre eles Nina, que decide reformar e administrar o hotel do avô e acaba vivendo uma história de amor com um arquiteto argentino (Darío Grandinetti).
Informações Técnicas:
Título no Brasil: Bodas de Papel
Título Original: Bodas de Papel
País de Origem: Brasil
Gênero: Drama
Classificação etária: Livre
Tempo de Duração: 102 minutos
Ano de Lançamento: 2006E
Estréia no Brasil: 16/05/2008
Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Pandora Filmes
Mamberti, o avô conta historinhas para a neta Nina (Helena Ranaldi). Nina cobrou certa vez o final de uma história de amor e ele sentenciou: "há histórias que nunca deveriam ter final".
Bom fim de semana, Quixadá!!!

1 comentários: