MAIS SOBRE A CONDUTA DO DATAFOLHA


Datafolha e o preço da arrogância

Por Pablo Simpson

Nassif,

Abraço, P.

Olha a manchete do IG, não é brincadeira: "Datafolha, que se orgulha de não trabalhar para partidos, repete número dos que trabalham".

Comentário

O Datafolha paga o preço da imprudência de Otávio Frias Filho, quando esqueceu os ensinamento do pai e aderiu ao pacto mediocrizante da velha mídia. Com isso, expos completamente a imagem do jornal e do próprio Datafolha. Sacrificou duas grandes marcas - Folha e Datafolha - pelo exercício da prepotência sem entender a lógica dos novos tempos.

Com sua decisão, potencializou os danos de todos os erros cometidos pelo jornal e seu instituto.

Comentário:

Datafolha trabalha para os grandes cartéis e seus testas de ferro. Ainda diz que não trabalha para políticos. A diferença entre ele o os outros institutos de pesquisa é ele está querendo virar o jogo com pesquisas fajutas. Direitista convicto Octávio Frias, pai do atual dirigente do Grupo Folhas era mais inteligente que o sucessor e jamais contribuiu para diminuir a credibilidade de suas empressas.

1 comentários: