LUTO

A TRISTE PARTIDA DA AMIGA GIZELA
Todos nós devíamos sempre dar uma pausa na correria do dia a dia para pensarmos o que estamos fazendo da vida. Será que estamos cumprindo os preceitos cristãos do amor ao próximo, da caridade, do respeito e tantos outros que nos ajudam a tornar o meio que vivemos um pouco melhor?


Digo isso porque a vida é efêmera e cheia de surpresa, muitas delas, infelizes, como a notícia que recebemos nesta quarta-feira (08/02) do falecimento prematuro da amiga Gizela Maria Sousa de Oliveira.



Nos conhecemos no final dos anos 80 quando cursávamos História na Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (Feclesc) em Quixadá.



Ardua defensora de sua terra natal (Banabuiú) não cansava de exaltar as belezas do banho de açude, o delicioso peixe saboreado às margens daquele reservatório, etc.



Não perdíamos a chance de uma brincadeira, mas ela com seu jeito meigo e carinhoso de ser sempre conseguia dar a volta e se sair bem das situações que lhe eram colocadas.



Dedicada aos estudos concluímos o curso, mas ela foi em busca de um sonho e cursou direito, tendo concluído com méritos de uma menina guerreira.


A vida nos prega surpresas e a partida antecipada da amiga Gizela para um plano espiritual distinto é uma dessas surpresas que deveriam não acontecer.


O que nos consola (para aqueles que acreditam num Ser Supremo) é a certeza de que aquilo de bom que semeamos na terra iremos colher junto do Criador.
Pela retidão da vida que tiveste, temos a certeza de que você estará colhendo bons frutos ao lado do Pai.
Quisera Deus levá-la à moradia eterna justamente no dia do seu aniversário para tornar ainda mais inesquecível o inolvidável.
Eternas saudades dos amigos de Faculdade e aos familiares nossas condolências.

1 comentários: