UFC E IFET TEM OBRAS PARALISADAS

UFC, UM SONHO AMEAÇADO

Quixadá há muito tem um sonho: se torno um pólo universitário. Esse sonho começou a se concretizar há mais de 25 anos com a Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central da Universidade Estadual do Ceará, depois com uma Faculdade particular (Católica) que cresce a olhos nus e com a UFC e a UAB, além do IFET (ensino técnico).

Porém, esse sonho passa por um pesdelo, principalmente para aqueles que dependem de um ensino de qualidade e gratuito. Primeiro veio o problema com a FECLESC que há tempos pede socorro, agora a UFC, e o IFET estão ameaçados, segundo consta, por problemas burocráticos e inoperância dos órgãos públicos e por ações de interesses particulares encobertas de interesses públicos / ambientais.

A construção dos prédios destas instituições está paralisada. A obra do IFET parou na terraplanagem. A verba existe, mas o que me parece falta a vontade de resolver a questão. Uma audiência pública que estava marcada com os representantes do poder público local e c das instituições de ensino foi cancelada e a população continua preocupada com a situação.

È incrível com uma obra de tamanha importância, que contém autorização do IPHAN, do IBAMA, faltando apenas a liberação da SEMACE, consegue ser paralisada por uma única pessoa que se diz representar uma ONG. Cabe alguns questionamentos: se já existe autorização de dois órgãos como o IPHAN e o IBAMA, o que falta para se conseguir a liberação pela SEMACE? Será a falta de interesse público? Será que realmente a ONG que busca impedir a obra tem como interesse realmente na preservação do meio-ambiente ou seria interesse outros que estão em jogo? È preciso responder a estes e outros questionamentos. Se tiver alguém que possa fazer isso o espaço para o debate está aberto. O POVO MERECE RESPOSTA E RESPEITO.
* Foto do local da construção do IFET. Foto retirada do blog www.cristianogoes.blospot.com

1 comentários: